Dose de Poder #011 (Dor e Prazer I)

Tempo de leitura: 2 minutos

“Os homens vivem por intervalos de razão, sob a soberania do humor e da paixão.” SIR THOMAS BROWN

A maioria das pessoas pensam que suas decisões são tomadas basicamente pela razão, mas esse é um engano comum.

A realidade é que nossas decisões são tomadas principalmente pelo sistema límbico do cérebro. Ele é responsável pelas nossas emoções e pelo instinto de sobrevivência.

O neocortex é a parte do cérebro mais recente no ser humano, é a área que interpreta a linguagem, dados, informações, benefícios e lógica.

Nesse momento alguns de vocês podem estar duvidando que isso seja verdade, vamos analisar alguns fatos. Se isso não fosse verdade ninguém seria obeso. Pois o cérebro racional tem a informação que comer muito carboidrato e não fazer exercícios irá te engordar.

Mas então porque tanta dificuldade para fazer o que se deve?

Mesma coisa com estudos por exemplo: eu tenho uma prova. Sei que preciso estudar, mas estou procrastinando e só irei estudar de última hora.

A verdade é que tomamos decisão baseadas na dor ou no prazer que aquilo irá trazer. No primeiro exemplo associamos prazer ao comer, deixar de comer aquela comida especifico associamos dor, dessa forma comemos, mesmo sabendo que não se deve.

Da mesma forma com estudo, de alguma forma essa pessoa está associando dor ao ato de estudar. Essa pessoa só consegue parar de procrastinar quando a dor de adiar o estudo fica maior que a dor de estudar. Pois ele sabe que se não estudar irá reprovar na matéria e essa dor é muito maior do que gastar algumas horas estudando. Mas precisou chegar no limite para que essa decisão seja tomada.

Assuma o controle.

A questão aqui pessoal, é reconhecermos que nossas decisões são baseadas em emoções e não na razão. Esse é o primeiro passo, porque dessa forma conseguiremos ter maior clareza de nossas ações, e poderemos ter maior controle. Assim se torna possível criar as associações de dor e prazer que irão determinar nossas ações.

Para assumir o controle de sua vida, é fundamental que tenha clareza do como suas decisões são tomadas.

Então eu te proponho a partir de agora prestar mais atenção a que tipo de emoção você esta associando a determinada ação. Se necessário, troque a emoção de forma intencional a fim de gerar dor ou prazer para dar consistência em suas decisões.

E lembrem-se, agimos muito mais a fim de evitar a dor do que para atingir o prazer.

Continue acompanhando essa série para saber mais como assumir o controle de sua vida.

O próximo post da série é: Dose de Poder #012 (Ansiedade)

Confira também os conteúdos do Youtube e Facebook!

Com amor Paula.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *