Uma Lição de Vida que todos deveriam aprender com as Ostras e suas Pérolas

Tempo de leitura: 11 minutos

uma-lição-de-vida-colar de pérolas

Passando por determinada situação na minha vida, fiz uma meditação. Quando me encontro em alguma situação difícil, faço o uso da meditação e sempre me acalmo, pois, as respostas sempre aparecem. Durante a meditação a imagem de perolas apareceram, lindas e brilhantes.

Num primeiro momento fiquei sem entender o motivo dessa imagem. Então surgiu o esclarecimento, a resposta que tanto buscava, uma verdadeira lição de vida.

Você sabe como “nascem” as pérolas?

Vou te contar: a ostra tem um manto, um tecido bem fininho, com várias linhas musculares que cobre todo seu corpo e protege seus órgãos. Como o coração e intestinos, chamados de “partes moles”. Quando um “intruso” (corpos estranhos) adentra, gera uma espécie de irritação. Um processo que a ostra usa para se defender desse novo organismo. Essa reação visa defender o manto, que cobre o invasor com várias camadas de uma substância chamada madrepérola. Então após 3 anos a perola aparece.

Perceba que a perola “desabrocha” devido a um processo de invasão / irritação externa, algo que foi provocado. Através desse “sofrimento” / atrito, se da uma das joias mais lindas.

A lição de vida obtida na meditação:

Ao passarmos por situações difíceis, conflituosas, de provações. Se soubermos aproveitar o que aquele pesar tem para nos dar, podemos transforma-la em perola.

Todas as situações que acontecem conosco, vem para algum motivo, não é apenas para dizer oi e ir embora. As situações acontecem, para que consigamos nos desenvolver como seres humanos e como almas.

Como assim como almas?

Lembre-se de que você é um corpo físico que acomoda uma alma, seu corpo é transitório, tem prazo de validade, se degenera. Sua alma não, ela é eterna, ela é aquele pedacinho de Deus em você, que está aqui nessa vida para aprender, amar, evoluir, perdoar, ser perdoada e transcender.

Quando conseguimos absorver a ideia de que somos uma Alma, fica mais fácil administrar nossos relacionamentos conflituosos.

Ao entendermos a eternidade e importância da Alma, nos encorajamos para buscar o caminho que ela se sente feliz. Isso, para todas as áreas das nossas vidas. Não nascemos para sofrer em um emprego ou um relacionamento nocivo. Nascemos para ser felizes. 

Alguns de vocês devem pensar: “falar é fácil, mas na minha vida as coisas não funcionam assim”. Compreendo e tenho empatia pela sua dor, porem hoje apresento uma visão diferente de ver a vida e administra-la.

 A lição de vida da perola é sensacional: se ela não sofresse o atrito ela seria perola? NÃO!! São aproximadamente 3 anos até ela se transformar em perola, ou seja, tempo suficiente para amadurecer com as situações intrusas que são colocadas em nossa vida para despertar o que temos de melhor.

Será que você tem o que é preciso para produzir uma pérola?

uma-lição-de-vida

Nem toda ostra fabrica pérola. Muitas param no meio do processo, ou seja, até nisso tiramos outra lição de vida. Pois, quantas situações já passamos e desistimos de lutar por que estava difícil? Um exemplo simples, sabe quando você fala que só vai pensar positivo, vai se planejar, vai emagrecer, vai tirar o melhor que as situações têm a oferecer? Pois bem, quantas vezes você conseguiu cumprir?

A intenção desse texto é te incomodar ao ponto de despertar o que você tem de melhor aí dentro SUA ALMA, deixar que ela esteja no comando da sua vida. Todos estamos nessa terra para algum propósito e todas as situações que vivemos, vem para nos preparar para esse propósito.

Podemos ser felizes, fazendo o que amamos, porem, para isso precisamos ter coragem, força e fé. E como conquistamos tudo isso? Através do entendimento, estudo, atitudes que nos engrandecem. Você tem opção de assistir à novela das 20hr ou ler um livro de autoconhecimento, ou planejar sua transição profissional, o que você escolhe?

É preciso sair da ZONA DE CONFORTO.

Percebe? As suas atitudes hoje repercutirão com o mesmo peso no seu amanhã. Como assim no mesmo peso? O quanto você se dedica a você (Alma) é o quanto será feliz, ou seja, o quanto você leva sua existência a sério.

Fica pesado pensar assim, não é? Porém o peso é realmente esse, a minha intenção aqui é te ajudar no seu processo de despertar e de auto responsabilidade. Só quando nos responsabilizamos pelas nossas vidas é que as coisas começam a fazer sentido, e sua felicidade só depende de você.

Achava impossível aprender uma lição de vida com uma ostra?

Percebem como somos parecidos com as ostras? Nos mantemos fechados na maior parte do tempo para novos desafios, para os problemas que parecem não ter solução. Estamos sempre rígidos, tensos. Porém, quando permitimos que o intruso chegue, e o olhamos com gratidão, permitimos que essa força divina presente em cada um de nós aja de maneira soberana e assim conseguimos tirar o que temos de melhor dentro de nós.

A ideia é trabalhar essas questões difíceis para nos engrandecer. Imagine que as camadas de madrepérola que a ostra faz são nossas camadas também: estudos, entendimentos, aceitação e ao final uma linda perola se formará.

 Para que a perola nasça, a ostra precisa gerar essa força, criar as camadas e se “proteger”. A perola é sinal da integridade e lealdade que a ostra tem para com ela mesma, sejamos como a ostra, leais e integras para conosco, nossos sonhos que muitas vezes foram esquecidos.

Quantos atritos você já teve na sua vida? Como respondeu a eles? Você conseguiu ver que foi lição de vida? Você consegue enxergar a situação conflituosa como aprendizado? Em quem você se transformou após passar pela pior situação na sua vida?

Vamos enxergar a perola como um prêmio, pois ela é o resultado de que por pior que tenha sido a situação, conseguimos aprender e criar a beleza onde havia dor.

Todos os seres da natureza têm uma lição de vida a nos ensinar, até mesmo os moluscos com a lição e vida da Perola.

Sim, você tem tudo para formar suas próprias pérolas

Muitas das vezes negamos os aprendizados das situações, por medo de sair da zona de conforto. Medo de tomar alguma atitude que vai contra aos nossos padrões (que tínhamos certeza de que estavam certos). Assumir que se está errado e mudar de atitude ou estratégia, realmente não é fácil, requer força e coragem, assim como a da ostra.

E como se reinventar? Através do estudo e expansão da consciência, seja através de um livro, um vídeo… algo que faça sua alma vibrar e refletir

O que você vê quando olha para o espelho? O que sente? Você está na sua melhor versão? Você se transformou em quem sempre sonhou? O que falta? … não podemos culpar as situações e a vida para sempre, sua mudança começa por você

Com base nessa linda lição de vida da Ostra, quero te convidar a uma análise, faça o exercício abaixo e de notas as áreas da sua vida.

Que tal se transformar em uma linda perola?

uma-lição-de-vida

Esse exercício chama-se roda da vida, uso bastante com meus clientes e acredito que vai te ajudar bastante.

Roda da vida: o que é e como pode ser usado para esculpir uma pérola?

A Roda da Vida é uma ferramenta de avaliação pessoal, muito utilizada pelos Coach. É um método baseado em reflexões sobre as áreas fundamentais da vida que respaldam nosso equilíbrio.

Para alcançarmos a realização pessoal, é preciso cuidar bem de todas essas áreas. Vou explicar rapidamente o que cada área quer dizer. Após a leitura, de uma nota que julgar correta para cada área. Após preencher veja quais foram as áreas mais afetas, a partir daí fica mais fácil você saber onde realmente está o problema.

Esses dados lhe ajudarão a criar estratégias para lidar com cada área problemática.

1) Saúde e disposição (Pessoal)

Essa sessão diz respeito a sua situação de saúde atual. Aqui precisam estar inclusas avaliações sobre a saúde física, mental e emocional. Essa sessão também leva em conta os índices de disposição e motivação.

2) Desenvolvimento intelectual (Pessoal)

Aqui será medida a sua satisfação com o quanto você sabe e o quanto tem estudado, treinar sempre o intelecto, pois, ajuda a manter o foco e desenvolver outras capacidades que serão indispensáveis no seu caminho para o sucesso.

3) Equilíbrio emocional (Pessoal)

Refere-se de uma avaliação sobre quanto em harmonia estão suas emoções durante o dia ou se você vivencia muitas variações. Principalmente, é importante pensar se você lida bem com suas emoções (positivas e negativas) e tem a capacidade de mantê-las sob controle, evitando explosões e altos e baixos por exemplo.

Resumindo, o setor pessoal é sobre sua saúde e disposição, seu desenvolvimento intelectual e equilíbrio emocional.

4) Realização e propósito (Profissional)

Agora, sobre sua atividade profissional. Quanto se sente realizado? Essa área da sua vida avalia seu senso de propósito e satisfação profissional, se você está contente com seu trabalho e sua área de atuação, se ela está em harmonia com seus valores e planos de vida.

5) Recursos financeiros (Profissional)

Como anda sua vida financeira? Sente que ganha o suficiente para viver seu padrão de vida e ainda investir na sua evolução? Suas receitas monetárias são condizentes com as suas habilidades e o tanto que contribui com a sociedade? Esses aspectos deverão ser analisados nesta seção.

6) Contribuição social (Profissional)

Agora, trata-se da percepção do quanto sua atuação profissional colabora com a sociedade. É importante para a realização pessoal gerar um impacto positivo na vida dos outros. Você deve refletir sobre o impacto que você e seu trabalho causam no mundo.

7) Família (Relacionamentos)

Por ser o meio onde mais temos convivência, é importante pensar sobre a qualidade das relações, e como elas afetam seu dia.

8) Desenvolvimento amoroso (Relacionamentos)

Nessa sessão é pautado sua autoestima, você consigo mesmo. Lembre-se a relação amorosa é importante para nosso senso de satisfação e realização pessoal.

9) Vida social (Relacionamentos)

Nessa sessão você avalia sua rede de amigos, como está sua satisfação com esse grupo, pense no tempo que passa com eles e a qualidade desses momentos. Todo ser humano precisa sentir-se parte de um grupo social, por isso avalie com carinho essa área.

10) Criatividade, hobbies e diversão (Qualidade de Vida)

Nessa sessão você avalia se tem tempo para fazer o que gosta. Por mais que você faça o que ama, a cabeça precisa de descanso. Como esta seu relaxamento e entretenimento?

11) Plenitude e felicidade (Qualidade de Vida)

Nessa sessão, você avalia o índice de autoconhecimento, felicidade e senso de propósito. Sua vida tem proposito? Você se sente feliz? Você faz autoanalise para saber como estão suas emoções? Está vivendo com qualidade?

12) Espiritualidade (Qualidade de Vida)

Lembre-se espiritualidade não está necessariamente ligada a religião, a espiritualidade é a sua conexão com algo que transcende a realidade (ET, ESPIRITIO, JESUS, BUDAH). O que a espiritualidade significa para você? E qual impacto tem em sua vida? Estamos aqui na terra para evoluir e aprender, e a espiritualidade nos ajuda nessas questões mais profundas.

O mais bacana da roda da vida é que ela incentiva o autoconhecimento, dessa maneira fica mais fácil identificar onde queremos chegar além de nos guiar quanto as nossas metas e ideais.

lição de vida - roda da vida

Preencha tudo bonitinho e aprenda com as lições que a vida tem lhe oferecido. Após a análise comenta aqui o que você achou.

Com AMOR
Paula

4 Comentários


  1. Amei, muito valioso seus ensinamentos. Não vou esquecer e irei praticar. Só desejo gratidão pela ajuda! 🙌🙌🙌

    Responder

  2. Seus artigos são bem informativos, vendo que muitas pessoas buscam informações relevantes, muito bom quando encontramos conteúdo de qualidade como esse. Parabénsl

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *